sexta-feira, 13 de julho de 2012

8 Melhores praias de nudismo do Brasil

O GUIA QUATRO RODAS selecionou as top 8, onde vale a pena tirar as roupas de banho


Como se diz, nudista ou naturista? O dicionário Michaelis define nudismo como “tipo de culto e interesse compartilhados por pessoas que (...) se reúnem em grupos para associar-se em nudez”. Já naturismo, segundo a Federação Brasileira de Naturismo, é o estilo de vida em que o respeito a si, à natureza e aos outros acompanha a nudez social. Ou seja, nem todo nudista é naturista, mas todo naturista é nudista. Fez sentido?

Definições à parte, iniciantes e avançados podem se deitar nus nas areias destas 8 imperdíveis praias de nudismo. Com paisagem embasbacante e mar cristalino, esses redutos são a desculpa perfeita para superar pudores e se entregar completamente nu à beleza do litoral brasileiro.


Tambaba, Conde, Paraíba
Ficou famosa por ter se tornado, em 1991, a primeira praia oficial de nudismo do Nordeste. Mas já mereceria atenção por sua beleza: a faixa de areia é pequena, mas cercada de falésias, coqueiros e vegetação de restinga. Pelo acesso principal há um pequeno trecho destinado a quem prefere usar trajes de banho. Depois há um bar e algumas pedras, que marcam o início dos 300 metros da parte nudista. Homens desacompanhados de mulheres não podem entrar. Também não é permitido filmar ou fotografar
Galheta, Florianópolis, Santa Catarina
O isolamento transformou a praia no lugar favorito dos naturistas – mas não é preciso tirar a roupa para frequentar os pedaços mais preservados da ilha. Partindo do canto esquerdo da Praia Mole, é só caminhar 15 minutos, sobre pedras, para encontrar mar mais calmo e a pequena faixa de areia protegida por costões
Barra Seca, Linhares, Espírito Santo
O trecho isolado de 250 metros de areia pode ser alcançado por travessia de barco de 5 minutos pelo Rio Ipiranga. É preciso parar o carro na estrada e procurar pelos barqueiros (combine o horário de retorno). A boa notícia é que a praia tem quiosques, banheiro e duchas.
Massarandupió, Sítio do Conde, Bahia
A praia fica em área de proteção ambiental e é destino de nudismo na Linha Verde baiana. À direita do estacionamento, é obrigatório tirar a roupa na área isolada pelas dunas brancas da vila de pescadores. O acesso por estrada de terra precária também afasta os curiosos
Praia do Abricó (Praia de Grumari), Rio de Janeiro
Em área de preservação ambiental, é uma das praias mais bonitas do Rio, cercada por morros com vegetação de restinga. Vale a pena prestar atenção na paisagem durante o trajeto: o acesso, pela Av. Estado da Guanabara, é encantador. A parte naturista de Grumari toma o nome de Praia do Abricó e fica no canto esquerdo da orla. As ondas são fortes e atraem surfistas
Olho-de-Boi, Búzios, Rio de Janeiro
A trilha íngreme e não sinalizada que parte do canto direito da Praia Brava demora aproximadamente 20 minutos para ser percorrida, mas a Olho-de-Boi compensa o esforço. O prêmio é o mar cristalino, onde dá para ver peixes mesmo sem máscara.
Praia do Pinho, Balneário Camboriú, Santa Catarina
Não é preciso tirar a roupa para conhecer a primeira praia oficial de naturismo do país, com ondas fortes e costões cobertos de mata nativa. No estacionamento e na pousada localizada na propriedade, muita gente não adere ao nu – há quem venha só para tomar uma cerveja e observar o movimento na areia - quem pisar nela deve tirar a roupa
Pedras Altas, Palhoça, Santa Catarina
Os dois costões de vegetação, pedras corpulentas e o mar calmo colaboram para oficializar esta praia - na realidade duas prainhas de 100 metros - como reduto naturista. Lá não é permitida a entrada de pessoas vestidas. O acesso é pela estrada que sai da Enseada do Brito (foto).



Oferecimento


Postar um comentário