quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Mulheres carecas posam nuas em calendário para projeto social

Calendário mostra mulheres carecas nuas para aumentar a conscientização sobre a alopecia
Doze modelos com alopecia foram fotografadas em um ensaio sensual para aumentar a conscientização sobre o problema e mostrar que mesmo sem um fio de cabelo as mulheres permanecem belas

Um grupo de mulheres tirou a roupa em um calendário sensual para mostrar uma parte do corpo da qual muitas pessoas têm vergonha de exibir: a careca. Na edição de 2015 do calendário PrettyBald, 12 modelos posaram como vieram ao mundo em um ensaio feito em um amplo jardim.

A sessão de fotos desafia a percepção de beleza ao trazer mulheres que não possuem sequer um fio de cabelo na cabeça, seja por terem passado por tratamento contra o câncer, alopecia, ou outras doenças. O objetivo é mostrar que ser careca é lindo e também arrecadar fundos para a organização Alopecia UK.

Após três anos sem cabelos, a organizadora do calendário, apenas identificada Vitoria, afirmou que já se sente bem com sua aparência. "Estou confortável em minha própria pele e sou aberta em relação à alopecia, principalmente porque tenho pessoas fantásticas que me dão apoio", afirmou ao jornal "Daily Mail." "Muitas pessoas sofrem com a condição e isto se torna uma barreira para fazerem o que querem e serem quem quiserem ser", contou.

A ideia de organizar o ensaio surgiu em um dia de tristeza para Vitoria, mas mesmo assim ela decidiu aumentar conscientização sobre o problema. "Há vários calendários nus por aí, mas não acho que nenhum é tão desafiante como este. Para muitas garotas esta foi a primeira vez em que apareceram em público sem cabelo", lembrou.

O tema escolhido para o ensaio foi um fim de semana de garotas no interior. Uma casa com estilo interiorano foi escolhida como pano de fundo, assim como um carro antigo e um cenário de chá da tarde. Além disso, nas fotos há perucas nos locais mais inusitados. O calendário por ser comprado por cerca de R$ 40 no site do PrettyBald.

FONTE: portaldozacarias.com.br
Postar um comentário