quarta-feira, 13 de julho de 2011

SORTE E TRAGÉDIA EM UM SÓ VÔO NA CAPITAL PERNAMBUCANA


Dezesseis pessoas morreram na queda de um avião no início da manhã de hoje em Boa Viagem, zona sul do Recife. A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros, que enviou nove unidades para o local.
De acordo com a Infraero, a aeronave da empresa Noar deixou o Aeroporto Internacional dos Guararapes às 6h51 com destino a Natal, no Rio Grande do Norte com dois tripulantes e 14 passageiros.
O acidente aconteceu na Avenida Boa Viagem em um terreno nas proximidades do II Comar, depois do Parque Dona Lindu, onde geralmente são armados circos. O trânsito no local é bastante complicado.
De acordo com as primeiras informações, a avião pegou fogo após chegar ao solo. Logo após a decolagem, o piloto teria informado à torre de controle que estava com problemas e que faria um pouso forçado.
O empresário Geraldo Jorge, um dos representantes da empresa de aviação, informou que neste momento a empresa está cuidando do atendimento às famílias das vítimas para então se pronunciar sobre o acidente.


SORTE
O co-piloto paraibano EMERSON AMORIM VIEGAS estava escalado para pilotar o bimotor da Noar Linhas Aéreas que caiu na manhã desta quarta-feira (13) e matou tragicamente todos os 16 ocupantes, em Recife. “Foi muita sorte. Não era o dia dele”, contou emocionado o amigo e piloto Eudócio Dantas, do Aeroclube da Paraíba.
Por conta da chuva, Emerson atrasou um outro vôo da Noar e não chegou a tempo de embarcar na aeronave LET-410. De acordo com Rômulo Araújo, presidente do Aeroclube, Emerson foi substituído e designado para pilotar o próximo vôo.

A aeronave que caiu é um LET/410. Na foto, avião do mesmo modelo, um bimotor turboélice, fabricado pela empresa Let Aircraft, da República Checa, com capacidade para transportar até 19 passageiros.

Fonte: Diário de Pernambuco/Folha.com
Postar um comentário